Mulheres são nomeadas para equipe de transição de Bolsonaro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de novembro de 2018

Pelo menos quatro mulheres vão compor a equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro. A primeira foi anunciada logo cedo, nessa terça-feira (6). Mais tarde, outros três nomes foram divulgados.

Durante o dia, Bolsonaro chegou a ser questionado sobre a ausência de nomes femininos no ministério e no gabinete de transição.

A primeira mulher a compor a equipe de transição é a coronel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e especialista em segurança pública Márcia Amarílio da Cunha Silva.

Foram confirmadas, também, as tenentes do Exército Sílvia Nobre Waiãpi, primeira mulher indígena a integrar a força terrestre; a tenente do Exército Liane de Moura, e Clarissa Costa Longa e Gandour, doutora em economia.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati