Morreu Oldemiro Baloi, antigo chefe da diplomacia de Moçambique

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Oldemiro Júlio Marques Baloi, morreu aos 66 anos de idade, na África do Sul, para onde se deslocou a 22 de Fevereiro para tratamento.

A notícia foi avançada por todos os meios de comunicação moçambicanos, que citaram fonte familiar, mas o Governo ainda não se pronunciou.

Baloi serviu como chefe da diplomacia moçambicana de 2008 a 2017, depois de, no início da década de 1990, ter sido vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação.

Entre 1994 e 1999 foi ministro da Indústria, Comércio e Turismo.

Em 2019, liderou a missão de observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais na Guiné-Bissau.

Oldemiro Baloi licenciou-se em Economia, pela Universidade Eduardo Mondlane, obteve um mestrado em Economia Financeira pela Universidade de Londres (SOAS) e também trabalhou no Banco Internacional de Moçambique (Millennium BIM), onde era membro do seu Conselho Executivo.

Após a Independência em 1975, Baloi entrou para a Frelimo, partido no poder, tendo sido membro do Comité Central de 2012 a 2017.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit