Morre o ex-presidente do Panamá, Guillermo Endara

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

29 de setembro de 2009

O ex-presidente do Panamá, Guillermo Endara, morreu de parada cardíaca, de acordo com seus médicos. Endara, de 73 anos, governou o país durante a transição da ditadura militar para a democracia, entre 1989 e 1994.

Sergio Solis, cardiologista pessoal Endara, disse o ex-presidente sofreu uma morte súbita, “presumivelmente devido por uma arritmia ventricular”.

Endara, que sofria de diabetes e havia sido submetido a uma cirurgia de coração, estava sob tratamento de diálise.

Endara governou entre 1989 e 1994, depois da saída do então homem forte Manuel Noriega. O ex-governante teve como tarefa a transição e recuperação do Panamá depois da crise econômica que gerou os saques durante a invasão estado-unidense a território panamenho e sanções impostas pelos Estados Unidos.

Fonte[editar]

Na Wikipédia há um artigo sobre Guillermo Endara Galimany.



Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati