Morre o ex-presidente do Panamá, Guillermo Endara

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

29 de setembro de 2009

O ex-presidente do Panamá, Guillermo Endara, morreu de parada cardíaca, de acordo com seus médicos. Endara, de 73 anos, governou o país durante a transição da ditadura militar para a democracia, entre 1989 e 1994.

Sergio Solis, cardiologista pessoal Endara, disse o ex-presidente sofreu uma morte súbita, “presumivelmente devido por uma arritmia ventricular”.

Endara, que sofria de diabetes e havia sido submetido a uma cirurgia de coração, estava sob tratamento de diálise.

Endara governou entre 1989 e 1994, depois da saída do então homem forte Manuel Noriega. O ex-governante teve como tarefa a transição e recuperação do Panamá depois da crise econômica que gerou os saques durante a invasão estado-unidense a território panamenho e sanções impostas pelos Estados Unidos.

Fonte[editar]

Na Wikipédia há um artigo sobre Guillermo Endara Galimany.



Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati