Morre ex-presidente chinês Jiang Zemin

1 de dezembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O ex-presidente chinês Jiang Zemin faleceu ontem (30).

A agência estatal de notícias Xinhua da China informou que o ex-presidente Zhang morreu às 12h13 do mesmo dia, aos 96 anos, enquanto recebia tratamento em sua cidade natal, Xangai, para leucemia e falência múltipla de órgãos.

A morte de Jiang foi oficialmente anunciada por meio de uma carta conjunta do Comitê Central do Partido Comunista da China, do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo e do Conselho de Estado.

“A morte do camarada Jiang Zemin é uma perda imensurável para o nosso partido, militares e pessoas de todas as nacionalidades”, dizia a carta.

A carta também descrevia Zhang como um líder notável de alto prestígio, um grande marxista, político, estrategista militar, diplomata e lutador comunista testado pelo tempo.

Nascido em 1926 em Yangzhou, província de Jiangsu, China, o presidente Zhang Zhen ascendeu às fileiras dos principais líderes após o Massacre da Praça da Paz Celestial, que terminou em sangrenta repressão em 1989, e foi empossado como o 5º presidente da China em 1993.

Seguindo os passos de seu predecessor, Deng Xiaoping, ele governou a China por 10 anos, herdando a política de reforma e abertura.

Durante seu mandato, ele melhorou as relações com os Estados Unidos e alcançou um boom econômico sem precedentes, tirando a China do isolamento diplomático.

Sede dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim, a adesão à Organização Mundial do Comércio (OMC) e o retorno de Hong Kong (1997) e Macau (1999) foram realizados durante o mandato de Zhang.

Fontes