Morre aos 40 anos, o criminoso moçambicano Annanias Mathe

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Obituário
Portal Obituário
Outras notícias sobre obituário

29 de dezembro de 2016

Annanias Mathe, um infame criminoso Sul-Africano, morreu na última terça-feira (27) no hospital. Seus crimes inclui violação (ou estupro) e assassinato, ele escapou de custódia várias vezes.

Mathe, era moçambicano, de acordo com o serviço prisional vinha sofrendo problemas digestivos há semanas. Ele morreu na terça-feira no King Edward VIII Hospital (Hospital Rei Eduardo VIII) em Durban. Foi residente em uma prisão de alta segurança em Kokstad, longe de Gauteng onde cometeu a maioria de seus crimes.

Transferido para Kokstad depois de várias fugas entre 2002 e 2006, Mathe tentou duas vezes fugir da instalação de alta segurança. Em 2013 ele tentou túnel fora de sua cela e há três meses ele tentou abaixar-se fora de sua cela com lençóis amarrados. Outros crimes incluíram o roubo, o housebreaking, e fatalmente envenenamento de treze cães.

Erickson Zungu, porta-voz do Partido Liberdade Nacional em KwaZulu-Natal, criticou a falta de pena capital no país e disse que isso deve estar disponível para os infratores como Mathe. "É fato incontestável que o governo poderia ter economizado muito tempo e recursos estatais se o governo optasse pela pena de morte [...] os contribuintes gastam diariamente dinheiro em Mathe que poderia ter sido usados ​​com sabedoria", disse Zungu.

Seu partido está buscando a consulta pública e a consideração do governo da edição.

Notícia Relacionada[editar]

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati