Ministro da Defesa do Japão 'preocupa-se' com atividade de porta-aviões da China

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

10 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O ministro da Defesa do Japão, Nobuo Kishi, expressou preocupação com as atividades dos porta-aviões chineses no dia 10.

O ministro da Defesa Kishi disse no dia 3 que caças e helicópteros foram pegos decolando e pousando mais de 100 vezes do porta-aviões chinês Liaoning.

O Japão monitora o porta-aviões chinês desde que entrou no Pacífico no dia 2, disse Kishi, ministro da Defesa.

Ele destacou que a medida visa melhorar a capacidade da China de realizar operações de longo alcance, juntamente com suas capacidades operacionais de porta-aviões.

Anteriormente, o porta-aviões chinês Liaoning realizou exercícios perto de Taiwan e Okinawa, no Japão. Sabe-se que o esquadrão de porta-aviões liderado pelo Liaoning e bombardeiros, caças e aeronaves de patrulha antissubmarino foram mobilizados para este exercício.

Fontes