Manifestações em Argentina contra a visita de Netanyahu

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

12 de setembro de 2017

Milhares de argentinos se oporam nesta última segunda-feira (11) à política de Israel na Palestina em Buenos Aires (capital argentina), num protesto que faz parte de uma campanha contra a visita do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que chegou à Argentina na segunda-feira, no início de uma turnê da América Latina que inclui vários países.

Os ativistas anti-semitas penduraram cartazes nas paredes na maioria das partes da capital (onde Netanyahu é comparado à Hitler) e fotografado vestindo uniformes nazistas, em que o acusam de "cometer massacres e limpeza étnica" contra os palestinos.

Impresso em uma imagem de banner de Netanyahu é escrito: "procurado por crimes contra a humanidade e a matança do povo palestino" e por outro banner, "Sim para remover o sionismo da Palestina... Sim para isolar Netanyahu".

Netanyahu começa visita a vários países da América do Sul, incluindo Argentina, Colômbia, México e também se reunirá com o presidente do Paraguai, vai se juntar a ele delegações de Argentina e no México, enviadas por empresas israelenses para desenvolver as relações económicas entre Israel e estes dois países.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati