Mais 23 novos casos da gripe A (H1N1) em Portugal, chegando a 295 no total desde maio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Notícias relacionadas
Pessoas na Cidade do México vestindo máscaras em um trêm pelo vírus H1N1
Mais informações sobre a Gripe:


1 de agosto de 2009

Lisboa, Portugal


O Ministério da Saúde (MS) anunciou ontem mais 23 casos confirmados de infecção pelo vírus da gripe A (H1N1), também conhecida como gripe suína, que eleva para 295 o número total de pessoas infectadas em Portugal.

Segundo a nota do gabinete da ministra Ana Jorge, todos "estão clinicamente bem", incluindo duas pessoas que, estando internadas, deverão ter alta hospitalar "nos próximos dias".

Em Lisboa, no Hospital Dona Estefânia, foram assistidos um menino de 10 anos, proveniente do Brasil, e um rapaz de 15 anos, vindo de Palma de maiorca, Espanha.

No Hospital Curry Cabral referenciou um homem de 18 anos, vindo do Brasil, um homem de 20 anos, regressado de Londres, um homem de 41 anos que passou por Palma de maiorca, uma mulher de 28 anos, após estadia na Irlanda, e uma mulher de 25 anos, vinda da República Dominicana.

O Hospital de Faro está, ainda, a acompanhar uma mulher de 20 anos e um homem de 23 que regressaram da Holanda, um menino de três anos e um homem de 32 que vieram de Espanha e um homem de 27 que veio do Brasil.

“O Hospital do Divino Espírito Santo, de Ponta Delgada, referenciou um rapaz de 15 anos, regressado do Reino Unido, e uma mulher de 24 anos, proveniente de Espanha. Dois homens de 24 anos, vindos de Espanha, foram assistidos no Porto, um no Hospital de São João e outro no Hospital Geral de Santo António”, lê-se, ainda, no comunicado do Ministério da Saúde.

E acrescenta: “O Ministério da Saúde relembra que é fundamental a participação activa por parte dos cidadãos, e dos próprios profissionais de saúde, no sentido de comunicarem às autoridades qualquer contacto próximo com alguém infectado pelo vírus da Gripe A (H1N1). Só com a colaboração de todos é possível garantir a eficácia das medidas tomadas”.

“São actualmente considerados locais de referência para a Gripe A (H1N1) os Hospitais Curry Cabral e Dona Estefânia, em Lisboa, os Hospitais de São João e de Santo António, no Porto, os Hospitais da Universidade de Coimbra, o Hospital de Vila Real, o Pediátrico de Coimbra e o Hospital de Faro”, informa a tutela. Depois, relembra a importância dos hábitos de higiene e de se contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) perante quaisquer sintomas suspeitos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati