Luanda: Deputados visitam vítimas de demolições em Angola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angola.

Agência VOA

Ha seis anos à espera de promessas feitas após expulsão da Ilha de Luanda.

30 de julho de 2015

Uma comitiva de deputados da décima comissão da Assembleia Nacional visitou quinta-feira, 30, os desalojados da Ilha de Luanda, que vivem em casas de chapas, desde 2009, á espera do cumprimento de promessas.

Mas a julgar pelas palavas da chefe da delegação, Genoveva Lino, a visita não significa que isso venha a acontecer.

Lino, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos, Reclamação e Petição dos Cidadãos, da Assembleia Nacional, deixou a promessa de levar o assunto às entidades competentes para resolução do problema.

As casas dos visitados foram destruídas em 2009. Foi lhes dito que viveriam em tendas por apenas 90 dias e depois teriam casas no Zango. Seis anos passaram e não tiveram as casas.

Alguns desalojados aplaudiram a visita dos deputados.

"É a primeira vez que eles vêm aqui, depois de seis anos, para verem em que condições vivemos. Vamos esperar e ver o que acontece", disse um deles.

Outros manifestaram a sua indignação pela situação que vivem no Zango. "Não temos hospitais. Morre-se com frequência aqui", disse um dos moradores que pediu anonimato.

“A situação aqui é precária, os nossos filhos não estudam, nós próprios não temos emprego, é triste", acrescentou.

Os deputados da décima comissão foram acompanhados por membros da organização SOS Habitat, que solicitaram esta visita há dois anos.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati