Líder religioso do Estado Islâmico morre durante bombardeio dos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Logotipo do Estado Islâmico

30 de julho de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Em um comunicado divulgado hoje pelo comando das tropas americanas no Afeganistão, foi confirmado que no dia 11 de julho o xeque Ziaulah, líder do grupo extremista Estado Islâmico no Afeganistão, junto com outros três líderes da organização terrorista, foram mortos em um bombardeio feito pelos Estados Unidos na província de Kunar, no leste do Afeganistão.

"Confirmamos por meio deste comunicado que os quatro líderes do EI-Khorasan (como a filial do grupo terrorista é chamada no Afeganistão) eram xeque Ziaulah, emir religioso, o professor Hubaib, comandante no Vale de Watahpur, Haji Shirullah, comandante do EI-K e ex-comandante do Hezb-e-Islami, e Asadulah, membro do conselho do EI-K", mencionou o comunicado das tropas americanas no Afeganistão.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com