Jovem é morto após confusão em boate de Belo Horizonte

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

2 de setembro de 2017

Belo Horizonte — Na madrugada de 2 de setembro, Allan Guimarães Pontelo, um jovem de 25 anos, morreu, depois de certa confusão na boate Hangar 667 em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o jovem estaria vendendo drogas. Porém, ele aparentou sinais de agressão. A suspeita é de o jovem tenha sido espancado pelos seguranças.

Segundo a família, Allan era estudante de educação física. O Instituto Médico Legal (IML) vai determinar a causa da mortee, de acordo com a Polícia Civil, o resultado sairá em 30 dias.

A fotógrafa Marcela Paiva, namorada do jovem, disse: "não tem motivo, entendeu? Qualquer coisa que ele fizesse não tem motivo pra matar, entendeu? Se ele tivesse traficando, tinha que ser preso. (...) Qualquer coisa que ele tivesse fazendo não tem motivo pra matar uma pessoa (...)".

Não houve manifestação por parte dos advogados da boate.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati