Jornalista Rashid Maisigov foi condenado a três anos de prisão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de setembro de 2020

O Tribunal Distrital de Magas condenou o jornalista Rashid Maisigov a três anos de prisão no caso de porte de drogas. A informação foi confirmada pelo advogado Magomed Aushev.

A defesa vai apelar. Maisigov tem mais 2 anos e 3 meses de prisão, já que o tempo que passou sob prisão preventiva e em prisão domiciliar foram considerados. Anteriormente, o promotor pediu cinco anos de prisão para o jornalista.

Rashid Maisigov foi detido em 12 de julho de 2019 em sua casa. A mãe do jornalista disse que durante uma busca em sua casa, as forças de segurança encontraram um saco de pó branco, além de folhetos pedindo a unificação com a Geórgia, que, segundo a mãe do jornalista, não estavam na casa antes da busca.

No final de fevereiro, ele recebeu mais uma acusação: sobre separatismo (parte 2 do artigo 280.1 do Código Penal). O motivo foi a publicação do jornalista no Instagram, em que ele supostamente pede a separação da Inguchétia da Rússia. Maisigov foi adicionado à lista de terroristas e extremistas mantida pelo Rosfinmonitoring.

Fontes

Ligação a um site em russo Ингушского журналиста Рашида Майсигова приговорили к трем годам колонии общего режимаOVD-Info, 17 de setembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com