Israel pode prosseguir operações militares no sul da Síria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de novembro de 2017

Na segunda-feira, o primeiro-ministro israelense, Benyamin Netanyahu, anunciou que Israel pode manter as operações militares na Síria se for considerado necessário, embora os Estados Unidos e a Rússia exijam o cessar-fogo na região. "Estamos a controlar nossas fronteiras, estamos a proteger nosso país e continuaremos a fazê-lo", disse ele em uma reunião do Likud no Parlamento.

Eu também informei nossos amigos, em primeiro lugar em Washington e também em nossos amigos em Moscovo, que Israel actuará na Síria, inclusive no sul da Síria, de acordo com nossa compreensão e de acordo com nossas necessidades de segurança.

Benyamin Netanyahu

De facto, o governo israelense teme que o Hezbollah e outras milícias xiitas apoiadas pelo Irão possam se aproximar dos Golan Heights, que Israel conquistou em 1967.

O anúncio foi feito dois dias depois que um drone sírio foi interceptado por um míssil israelense sobre o Golan Heights.