Ida pode ser o 5º furacão mais forte a atingir os Estados Unidos, aponta NASA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Relatórios preliminares sugerem que o furacão Ida pode ser o quinto furacão mais forte (com base na velocidade do vento) a atingir o continente dos Estados Unidos, apontou o Observatório da Terra da NASA. O furacão de categoria 4 atingiu o sudeste da Louisiana no início da tarde de domingo passado com vento de 150 mph (240 km/h) e uma pressão central de 930 mb.

"Para mim, o aspecto mais atraente do Ida foi sua rápida intensificação até tocar terra. A tempestade foi muito semelhante ao furacão Opala e ao furacão Katrina, no sentido de que sofreram uma rápida intensificação em uma região, ou redemoinho, de águas quentes e profundas conhecidas como Gulf Loop Current. Além de fornecer água quente como combustível, esses redemoinhos impedem a chegada de água mais fria à superfície. Esse resfriamento normalmente levaria ao enfraquecimento da tempestade ou, pelo menos, ao fim do fortalecimento. Tanto o Opala quanto o Katrina enfraqueceram antes de tocar terra, mitigando os impactos das tempestades até certo ponto, embora eles obviamente ainda fossem intensos. No Ida, o enfraquecimento próximo à costa realmente não ocorreu", disse Scott Braun, especialista em furacões no Goddard Space Flight Center da NASA.

As rajadas de vento em Port Fourchon, local exato onde o Ida tocou terra, chegaram a 277 km/h.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit