Há uma ou duas opções para o futuro do Timor Leste, diz partido

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

10 de fevereiro de 2015

Timor-Leste

O secretário-geral do maior partido timorense, o Congresso Nacional da Resistência Timorense (CNRT), Dionísio Babo, disse hoje (10) que apresentou ao presidente da República, Taur Matan Ruak, "uma ou duas opções" sobre o futuro governo timorense, considerando que cabe ao chefe de Estado decidir.

"Fomos consultados sobre o apoio que o CNRT dá para a formação do governo. Apresentamos as nossas opiniões. Cabe agora ao presidente decidir", disse o secretário-geral. Dionísio Babo falou aos jornalistas depois de um encontro de uma delegação do seu partido com o presidente da República, Taur Matan Ruak, que pôs fim ao processo de consulta aos partidos com assento parlamentar.

O secretário-geral confirmou que a delegação apresentou "a sua opinião sobre os cenários em cima da mesa" garantindo que o partido apoia a postura do presidente do CNRT, o atual primeiro-ministro, Xanana Gusmão, que renunciou ao cargo na sexta-feira (6). "Para evitar conflitos de interesse, o presidente do partido deixou de estar nos encontros do Conselho Político Nacional do partido", disse. Fidelis Magalhães, chefe da Casa Civil do presidente da República, disse depois do encontro que a Presidência da República deverá emitir um comunicado "ainda hoje".

Taur Matan Ruak informou ontem (9) ter aceitado o pedido de demissão do primeiro-ministro, Xanana Gusmão, iniciando o processo de constituição do novo governo que espera estar concluído no final desta semana. A Presidência da República timorense confirmou ontem, por meio de um post no Facebook, que o novo governo tomará posse na sexta-feira (13).

Fontes[editar]


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati