Grã-Bretanha oferecerá vacinas COVID-19 para jovens de 12 a 15 anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Secretário de Saúde e Assistência Social da Inglaterra recomendou na segunda-feira que crianças com idades entre 12 e 15 anos recebessem a vacina COVID-19, dizendo que elas se beneficiariam com a redução de interrupções em sua educação. Elas receberão uma dose da vacina Pfizer / BioNTech COVID-19, seguindo o conselho dos quatro diretores médicos do Reino Unido.

O governo aceitou o conselho dos quatro CMOs do Reino Unido e o NHS está se preparando para entregar um programa de vacinação nas escolas, que é o modelo de sucesso usado para vacinações, incluindo HPV e Difteria, Tétano e Pólio (DTP). Os convites para vacinação começarão na próxima semana.

O consentimento dos pais, responsáveis ou cuidadores será solicitado pela equipe de saúde de vacinação, de acordo com os programas de vacinação escolares existentes.

Crianças saudáveis em idade escolar de 12 a 15 anos de idade receberão principalmente a vacinação COVID-19 em sua escola, com oferta alternativa para aqueles que estudam em casa, em serviços seguros ou em ambientes especializados de saúde mental.

Os Estados Unidos, Israel e alguns países europeus implementaram vacinas para crianças de forma mais ampla, pressionando o governo britânico a fazer o mesmo.

Mais de quatro em cada cinco adultos em todo o Reino Unido receberam ambas as doses da vacina COVID-19, com mais da metade de todos os 16 e 17 anos se apresentando para sua primeira injeção.

Notícia relacionada

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit