Governo do ES anuncia abertura de mais leitos Covid-19 na região Centro-Norte de Saúde

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Governo do Espírito Santo segue empenhado em garantir assistência hospitalar à população capixaba no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Na manhã desta segunda-feira (05), o governador Renato Casagrande anunciou a abertura de mais 50 leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 na região Centro-Norte de Saúde.

Serão ofertados no Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS), em São Mateus, mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 15 leitos de enfermaria. Na última semana, a unidade já havia disponibilizado mais 15 leitos de enfermaria na unidade. Além disso, o Governo do Estado contratualizou mais 10 leitos de enfermaria Covid-19 no Hospital São Marcos, em Nova Venécia. A expansão faz parte do programa “Leito para Todos”.

“Peço a ajuda de todos para interromper a cadeia de transmissão do vírus, que não é capixaba, o vírus é mundial. Já temos 151 leitos de UTI Covid-19 e vamos chegar a 267 de enfermaria nos próximos dias na Região Norte. Hoje estamos anunciando esses dez leitos a mais em Nova Venécia, que se somam aos 22 existentes. Nova Venécia é uma cidade polo e com o aumento no número de casos precisamos ter esse suporte. Em São Mateus, estamos abrindo 30 leitos de enfermaria e dez de UTI. No dia 15, vamos abrir mais 60 leitos de enfermaria junto ao setor privado. Desta forma, estamos conseguindo atender à demanda, mas não sabemos até quando”, afirmou o governador.

Casagrande voltou a alertar a população sobre a importância de respeitar as medidas definidas pelo Governo do Estado para reduzir o contágio da doença. “É importante que a gente faça o que é certo e não o que é fácil. O mês de abril será apertado e talvez seja o período em que vamos ter o maior número de óbitos. Mas ainda assim tem gente que não compreende a importância dessas medidas. Vamos abrir 500 leitos exclusivos para Covid-19 no Estado. Só que uma parte das pessoas internadas em um leito acaba perdendo a vida. Então não adianta só abrir leitos. O que precisamos é interromper a transmissão do vírus e para isso necessitamos cumprir os protocolos de saúde”, reforçou.

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, afirmou que as expansões são estratégias essenciais para enfrentamento da pandemia. “Diariamente buscamos alternativas para garantir assistência necessária à população capixaba, principalmente nesse período conturbado da saúde. A ampliação dos leitos possibilitará o aumento da capacidade para recebimentos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) com a doença nessa região do Estado”, salientou.

O superintendente da região Norte, Edilson Monteiro, relembrou a importância de todos estarem cientes da proporção da doença e as atitudes que contribuem nesse enfrentamento. “Estamos todos empenhados nessa guerra contra o vírus. Quase todos os dias estão sendo abertos leitos Covid-19 para atender a população, mas é preciso que ela nos ajude nesse combate. Todos devem respeitar as medidas anunciadas pelo governador, bem como manter o distanciamento social, lavar as mãos com frequência, utilizar máscaras e álcool em gel. Somente com a ajuda de todos vamos conseguir passar por esse momento”, disse.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit