General Motors pede concordata nos Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

1 de junho de 2009

A General Motors pediu proteção judicial contra falência nesta segunda-feira (1) junto ao Tribunal de Falências de Nova Iorque. O processo deverá durar entre 60 e 90 dias e poderá resultar no fechamento de 11 fábricas nos Estados Unidos.

O presidente Barack Obama e o diretor-geral da montadora, Fritz Henderson, deverão conceder entrevista coletiva à tarde, para esclarecer os detalhes. O pedido de proteção contra falência é o terceiro maior da história dos Estados Unidos e o maior já feito pela indústria manufatureira do país.

Fundada em 1908, a empresa já foi a maior montadora do mundo.


Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati