Gabriel Jesus, jogador do Palmeiras, é alvo de atos racistas no Uruguai

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de maio de 2016

Montevidéu — O atacante do Palmeiras, Gabriel Jesus, foi alvo de atos racistas de um torcedor uruguaio na partida contra o Nacional de Montevidéu, no Uruguai, válida pela Taça Libertadores da América ocorrida em 17 de março de 2016.

A cena, captada pela câmeras de televisão, mostra o torcedor imitando um macaco em direção ao jogador da equipe alviverde. O Palmeiras emitiu uma nota de repúdio ao ato e pediu providências da Conmebol.

Em abril, a Conmebol puniu o time uruguaio com um multa de 10 mil dólares.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com