Frente Brasil-China agradece empenho do presidente chinês na liberação de insumos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, deputado Fausto Pinato (PP-SP), emitiu uma nota, nesta terça-feira (26), agradecendo ao presidente chinês Xi Jinping por permitir a exportação de insumos para a produção de vacinas contra a Covid-19.

Pinato, que também é presidente da Frente Parlamentar dos BRICS (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), elogiou a “sensibilidade [de Xi Jinping] ao entender as necessidades do nosso povo e permitir a exportação dos insumos essenciais para a fabricação de vacinas contra a COVID-19 pelos laboratórios brasileiros”.

Os agradecimentos se estenderam ao embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, pela interlocução junto aos dois países.

Ontem o presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo chinês vai liberar a exportação de 5,4 mil litros de insumos para a fabricação da vacina Coronavac no Brasil, que é produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a fabricante chinesa Sinovac. Também há expectativa, segundo o presidente Bolsonaro, de envio de insumos para a fabricação da vacina Oxford/Astrazeneca.

No último dia 19, Pinato já havia enviado uma carta ao presidente chinês pedindo sua intervenção para liberar a exportação dos insumos. Com o estoque brasileiro em baixa, havia o risco de interrupção do plano nacional de imunização.

Na carta, o deputado afirmou que o tempo é o maior inimigo na luta contra a Covid-19 e ressaltou que o Brasil “é um dos países mais afetados pelo vírus em todo o mundo, com 8,5 milhões de infectados e mais de 210 mil mortos”.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit