FMI: Moçambique tem que resolver rapidamente insurgência em Cabo Delgado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por VOA News

A rebelião na província moçambicana de Cabo Delgado deve ser resolvida pelas autoridades “o mais rapidamente possível” para se evitar um impacto económico no desenvolvimento do país, disse o diretor do Departamento Africano do Fundo Monetário Internacional (FMI), Abebe Aemron Selassie.

Falando a jornalistas sobre a situação económica na África, Selassie descreveu a situação em Cabo Delgado como “verdadeiramente horrível” e enfatizou que isso é mais grave ”porque esta insurgência, a insurgência latente, tinha sido identificada como uma ameaça há muitos anos”.

“Por isso a nossa solidariedade está com o povo moçambicano nesta questão”, disse o diretor, para quem “se isso não for tratado apropriadamente, terá um impacto importante na perspectiva económica do país e na produção de gás do qual o país espera depender para avançar”.

“É algo que na verdade precisa ser resolvido o mais rapidamente possível”, acrescentou.

Notícias Relacionadas[editar]

Fonte[editar]



Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit