FARC podem ser retiradas da lista de organizações terroristas dos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O presidente norte-americano Joe Biden notificou ao Congresso a intenção de retirar a extinta guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) da lista de organizações terroristas do governo.

A notificação faz parte de um processo de consultas ao legislativo e é um passo anterior à efetiva exclusão das FARC daquela lista, que no entanto não tem um prazo para acontecer. A decisão cabe ao Departamento de Estado norte-americano, equivalente ao Ministério das Relações Exteriores de outros países.

A antiga guerrilha depôs as armas em 2016 graças a um acordo com o governo da Colômbia apoiado pelo ex-presidente Barack Obama, de quem Biden era o vice, e desde então tornou-se um partido político colombiano atualmente sob a sigla Comunes.

Segundo a Reuters, fontes norte-americanas mencionam o argumento de que o profundo envolvimento de ex-guerrilheiros em diversos aspectos da política colombiana dificulta alguns tipos de ajuda dos EUA devido às restrições causadas pela presença das FARC na lista.

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit