FARC matam 28 militares numa emboscada na Colômbia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de dezembro de 2005

BOGOTÁ,Colômbia

Nesta terça-feira (27) 350 guerrilheiros dos frentes 27 e 40 das Forças Armadas Revolucionárias de Colômbia (FARC) levaram à morte 25 soldados e 3 suboficiais da Brigada Móvel Número 12 do Exército, que ao que parece ajudava na segurança dos trabalhos do programa de erradicação manual de cultivos da coca na vereda Playa Rica, no município de Vistahermosa, no departamento do Meta, 200 km ao sul de Bogotá.

A cifra inicial era de 24 mortos. Hernando Alonso Ortiz, segundo no comando do Exército colombiano, emitiu a notícia através de um comunicado: "O comando do Exército informa que três suboficiais e 21 soldados foram assassinados pelas FARC em Playa Rica". Ortiz disse ainda que os militares estavam desenvolvendo no área um trabalho a fim de neutralizar os narco-terroristas que ali costumam agir.

O general Reinaldo Castelhanos Trujillo, comandante das Forças Armadas, dirige agora uma perseguição aos insurgentes responsáveis por essa emboscada guerrilheira.

Os factos ocorrem ao mesmo tempo em os governos da França, Espanha e Suíça autorizam os seus respectivos embaixadores para reunir-se com os líderes das FARC, tendo em vista procurar uma aproximação com o Governo colombiano, que há duas semanas aceitou a proposta de desmilitarização de 180 quilômetros quadrados numa zona rural a oeste do país.

Fontes