Explosão e incêndio no Porto de Leixões causa um morto e um ferido grave

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de abril de 2012

Uma violenta explosão seguida de um incêndio hoje à hora de almoço em Portugal no Porto de Leixões, em Matosinhos, Portugal, provocou uma vítima mortal e um ferido grave. Eram 12:20 horas locais quando uma peça do guindaste Titã, que está a ser desmantelado desde o dia 3 desequilibrar-se, e caiu sobre um pipeline de gás natural, seguido por uma explosão e incêndio, provocados por uma faisca, com a coluna de fumo a ser visível na cidade do Porto, e por vários quilómetros em redor.

O incêndio de enormes dimensões foi prontamente combatido por um rebocador que se encontrava no porto, e mais tarde apoiado por 25 veículos e 77 bombeiros de várias corporações, tendo sido resolvido em 30 minutos.

Na explosão, um dos operários envolvidos na desmontagem e remoção da enorme grua com valor arquitectónico faleceu no local, tendo deixado um outro operário ferido gravemente, transportado de imediato para o hospital de S. João, apresentando queimaduras dos 2.º e 3.º graus e que será submetido quinta-feira à tarde a operações cirúrgicas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati