Ex-presidente do Equador, Lúcio Gutiérrez, renunciou o asilo político concedido pelo Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de junho de 2005

Brasil — O ex-presidente do Equador, Lúcio Gutiérrez, renunciou o asilo político concedido pelo Brasil no mês de abril. Gutiérrez pode circular livremente pelo Brasil como turista, contudo sem a segurança especial mantida enquanto era considerado um asilado político. Sua esposa e filha de 15 anos já haviam renunciado ao asilo em maio.

Lúcio Gutiérrez disse que irá mudar-se para os Estados Unidos da América por causa de motivos de caráter pessoal.

A íntegra da nota emitida pelo Ministério das Relações Exteriores diz o seguinte:

O Senhor Lucio Gutiérrez, que teve seu asilo territorial no Brasil concedido em 28 de abril passado, comunicou hoje, dia 6 de junho, ao Ministério da Justiça, que renunciou ao "status" de asilado. Trata-se de decisão pessoal, sobre a qual o Governo brasileiro não tem o que opinar. O Senhor Lucio Gutiérrez está livre para deixar o Brasil no momento em que desejar, nada impedindo que retorne ao País, em qualquer tempo, na condição de turista.

Ver também

Fontes