Empresas inglesas vão ter mais dinheiro para investirem em Angola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reino Unido.

Agência VOA

Governo do Reino Unido aumentou em 50 por cento o fundo para investimentos no país.

29 de março de 2017

O ministro britânico para África e o Médio Oriente (ou Oriente Médio) revelou ontem (28) em Londres, que o seu Governo aumentou em 50 por cento o financiamento para que empresas britânicas invistam em Angola.

"A economia está a fortalecer-se e as condições de investimento estão a reunir-se", afirmou Tobias Ellwood, ao anunciar o montante de 750 milhões de libras (cerca de 950 milhões de dólares) para investimentos em Angola, contra os 500 milhões de libras (cerca de 620 milhões de dólares), anteriormente disponibilizados.

Energia, infraestruturas e sector público são os sectores principais do investimento inglês, segundo Ellwood, que ainda apontou os recursos naturais e vastas áreas de terra cultivável como áreas em perspectiva.

O Governo angolano está presente no Fórum de Comércio e Investimento Reino Unido-Angola, que se realiza desde ontem em Londres, pelo ministro da Geologia e Minas, Francisco Manuel Queirós, o secretário de Estado da Construção, António Flor, e o embaixador angolano itinerante António Luvualu de Carvalho.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati