Eli Lilly pausa o ensaio de anticorpos COVID-19 devido a questões de segurança

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Eli Lilly interrompeu voluntariamente um ensaio clínico de seu tratamento com anticorpos COVID-19 devido a uma potencial preocupação de segurança, de acordo com o The New York Times.

A pausa do estudo em parceria com os Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos Estados Unidos ocorre apenas um dia depois que a gigante farmacêutica Johnson & Johnson (J&J) disse que também suspendeu o teste de sua vacina candidata COVID-19 depois que um participante adoeceu.

A Lilly tem estudado seu tratamento com anticorpos como um tratamento potencial para pacientes hospitalizados com COVID-19, bem como em uma série de outras populações de pacientes.

Em uma declaração o porta-voz da Lilly, disse: “A segurança é de extrema importância para a Lilly [...] Lilly apóia a decisão do Conselho de Monitoramento de Dados e Segurança (DSMB) independente de garantir cautelosamente a segurança dos pacientes participando deste estudo. ”

Outro desenvolvedor da vacina COVID-19, a AstraZeneca, interrompeu seu ensaio clínico de fase 3 em setembro depois que um paciente no estudo baseado no Reino Unido desenvolveu mielite transversa, uma condição inflamatória que afeta a medula espinhal.

Notícias relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit