Eleições 2020: um resumo do que aconteceu no primeiro debate entre Trump e Biden

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Donald Trump e Joe Biden, que concorrem à presidência dos Estados Unidos (EUA), participaram do primeiro debate da campanha ontem à noite. Segundo a CNN, que fez uma pesquisa pós-debate, 60% das pessoas disseram que Biden venceu o debate, enquanto 28% disseram que Trump se saiu melhor.

Insultos entre as partes

Segundo o UOL Notícias, o debate teve "barraco" e "troca de insultos", tanto que o moderador chegou a ter dificuldades para controlar a situação. Biden chamou Trump de "palhaço", "cachorrinho do [presidente russo] Putin" e o "pior presidente dos Estados Unidos".

A polêmica dos baixos impostos pagos por Trump"

Biden levantou, como esperado, a questão de que o atual presidente dos EU pagou apenas 750 dólares de impostos nos dois últimos anos. "O presidente pagou menos impostos que um professor", disse Biden. Trump, por sua vez, se defendeu dizendo que a lei lhe permite pagar menos impostos possíveis.

Trump diz que pode haver fraude eleitoral

Trump [que está atrás nas pesquisas] repetiu ontem o que já vem falando há meses: que pode haver fraude nestas eleições. No entanto, nada até agora leva a crer que esta possibilidade exista.

As interrupções e desrespeito de Trump

Segundo a imprensa, Trump começou falando sem parar e depois fez interrupções frequentes, fazendo Biden dizer: "você quer se calar, homem?". A Veja reportou que Trump "repetidamente desrespeitou as regras básicas, acordadas previamente".

Os problemas de Trump com a esquerda

Trump fez referência ao menos duas vezes à esquerda, uma delas falando na questão da Saúde. Ele disse que Biden era aliado da esquerda radical e que o partido de seu opositor queria adotar "a medicina socialista". Depois, ao ser incentivado pelo moderador a condenar a extrema direita, ele disse:"Proud Boys (grupo de supremacistas), recuem e fiquem na sua casa", depois prosseguindo com: "mas, vou lhe dizer uma coisa, alguém tem que fazer algo sobre a Antifa e a esquerda porque isso não é um problema de direita, é um problema de esquerda".

Biden e a Amazônia

Biden disse que, se eleito, irá pressionar - inclusive usando medidas econômicas - o governo brasileiro em defesa da Amazônia. "O Brasil, a floresta tropical do Brasil, está sendo demolida, está sendo destruída, mais carbono é absorvido naquela floresta tropical do que cada pedacinho de carbono que é emitido nos Estados Unidos", falou.

Mudanças à vista

Devido a falta de compostura de Donald Trump, a Comissão de Debates Presidenciais dos Estados Unidos anunciou hoje que vai tomar medidas para garantir uma discussão mais “ordenada” nos próximos eventos.


Notícia relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com