Eleições 2020: "não há indício de fraude", diz membra de comissão, negando acusações de Trump

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira dos Estados Unidos
Outras notícias sobre os Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos

7 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram


A advogada Ellen Weintraub, membra da Comissão Eleitoral Federal (Federal Election Commission - FEC) desde 2002, disse hoje que "não há provas de qualquer tipo de fraude eleitoral", negando assim as falas de Donald Trump, que desde que começou a contagem de votos no dia 04 passado tem acusado o sistema eleitoral deste ano de ser fraudulento.

O discurso do atual presidente dos Estados Unidos (EU) tem chocado o mundo, o próprios aliados do Partido Republicano e a imprensa, tanto que no dia 05 passado, à noite, diversas redes de TV tiraram do ar um discurso do presidente, que falava ao vivo sobre as alegadas fraudes.

Segundo a CNN Brasil em seu programa ao vivo no You Tube pouco após o meio dia de hoje, membros da própria equipe da campanha de Trump negam que até aqui haja qualquer prova para questionar o resultado da votação.

De acordo com o correspondente da CNN USA para o canal, "Trump está chegando ao final do jogo, tentando cavar uma falta". Segundo o correspondente também, a equipe de campanha crê que Trump só esteja piorando a situação com suas acusações.

A disputa ainda está aberta na Geórgia, Pensilvânia e Nevada, com vantagem para Joe Biden. O resultado no Arizona, cuja contagem ainda não terminou, já foi contabilizado para Biden há dois dias, atribuindo-lhe, assim, um total de 264 votos colegiados - são necessários 270 para vencer. Trump tem 214 colegiados até agora.

Projeção da CNN indica que a Pensilvânia pode ser o próximo estado a anunciar o resultado final oficial, o que fará de Biden o novo presidente dos EU.

Leia na Wikipedia

Leia o artigo Colégio eleitoral dos Estados Unidos na Wikipedia para entender como funciona a escolha do presidente.

Acompanhe o Especial da Wikinotícias

Acompanhe a Eleição presidencial dos Estados Unidos em 2020 na Wikinotícia.


Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com