EUA sancionam o líder do cartel mexicano Jalisco Nueva Generación

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O governo dos Estados Unidos anunciou na quarta-feira as sanções contra o mexicano Audias Flores Silva, vulgo "Gardener", a quem qualificou como um dos dirigentes regionais do cartel mexicano Jalisco Nueva Generación (CJNG).

“Flores Silva, que trafica grandes quantidades de opiáceos e cocaína, representa uma grande ameaça para os Estados Unidos”, disse Andrea Gacki, diretora do Escritório do Tesouro para Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC), citado em um comunicado.

O texto também indica que Flores Silva é um dos comandantes "que controla grande parte do território do CJNG ao longo da costa do Pacífico do México, incluindo o estado de Nayarit" e descreveu o cartel como uma "organização criminosa violenta. Responsável pelo tráfico de quantias significativas de fentanil e outras drogas mortais para os Estados Unidos."

Seguindo a lei para a designação de traficantes estrangeiros, o departamento indicou que, junto com o Office of Foreign Assets Control (OFAC), bloqueou as propriedades e interesses econômicos de Flores Silva nos Estados Unidos.

"Esta acusação e as sanções do Departamento do Tesouro mostram que o Departamento de Justiça, junto com nossos parceiros de aplicação da lei, vai investigar agressivamente e processar criminalmente cartéis violentos e traficantes que importam drogas ilegais para nossas comunidades", disse ele o procurador-geral adjunto em exercício Nicholas McQuaid em um comunicado.

Os Estados Unidos também anunciaram uma recompensa de até US$ 5 milhões por qualquer informação que leve à prisão ou condenação de Flores Silva.

O mexicano cumpriu cinco anos de prisão nos Estados Unidos, após uma condenação por tráfico de drogas. Em 2016, ele foi preso novamente no México por participar de uma emboscada contra policiais em Jalisco e, posteriormente, foi libertado da prisão.

Na terça-feira, foi divulgada a acusação de Flores Silva por tráfico de drogas e crimes com armas. Ele é acusado de "conspirar para distribuir cocaína e heroína" nos Estados Unidos.

Os EUA também observaram que Flores é muito próximo de Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "el Mencho", por quem foi oferecida uma recompensa de US$ 10 milhões.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit