EUA dizem que é hora de agir sobre a Coréia do Norte

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

29 de abril de 2017

Rex Tillerson, secretário de Estado americano

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, afirmou nesta sexta-feira, 28, no Conselho de Segurança da ONU que "todas as opções devem permanecer sobre a mesa" contra a Coreia do Norte, que poderá, segundo ele, realizar "um ataque nuclear" contra a Coreia do Sul e o Japão, ou até mesmo os Estados Unidos.

Tillerson alertou o Conselho de Segurança da ONU em Nova York de "conseqüências catastróficas" se não agir, dizendo que ""A ameaça de um ataque nuclear norte-coreano contra Seul ou Tóquio é real, e provavelmente seria apenas uma questão de tempo até que a Coréia do Norte desenvolvesse a capacidade de atacar o continente americano". Os EUA usariam a força militar se necessário, acrescentou.

O governante insistiu que “todas as opções em resposta a futuras provocações devem permanecer sobre a mesa" e pediu que a China exerça a sua influência económica sobre a Coreia do Norte.

"Dada a crescente ameaça, chegou o momento de que todos façamos nova pressão sobre a Coreia do Norte", reiterou Rex Tillerson, pedindo que “todos os países suspendam ou reduzam as suas relações diplomáticas com a Coreia do Norte e aumentem seu "isolamento financeiro" com novas sanções, incluindo mais restrições comerciais.

Entre outras coisas, pediu à comunidade internacional que suspenda o fluxo de trabalhadores norte-coreanos ao exterior e se proíba ao país certas importações, especialmente de carvão.

Além disso, Tillerson advertiu de que os Estados Unidos estão dispostos a sancionar entidades e indivíduos de países que apoiem as "actividades ilegais" da Coreia do Norte.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati