Desafio da Baleia Azul será retratado na novela “A Força do Querer”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

24 de abril de 2017

Brasil —


A autora Glória Perez declarou no dia 21 de abril que pretende abordar o jogo Baleia Azul em sua novela das nove, A Força do Querer.[1][2][3][4][5]

O jogo se baseia entre a relação entre os desafiantes (também chamados jogadores, ou participantes) e os curadores (ou chamados de administradores).[6][7][8] O jogo envolve uma série de tarefas dadas pelos curadores que os jogadores devem completar, normalmente uma por dia, algumas das quais envolvem auto-mutilação.[9][10] Algumas tarefas podem ser dadas com antecedência, outras podem ser repassadas pelos curadores no dia, sendo para última tarefa o suicídio.[11][12][13]

Ver também

Referências

  1. Jogo da Baleia Azul será abordado em A Força do Querer
  2. Jovem teria sido vítima da Baleia Azul
  3. Jogo da Baleia Azul será abordado em A Força do Querer
  4. Glória Perez revela que vai abordar o jogo da Baleia Azul em A Força do Querer
  5. Desafio da Baleia Azul será retratado na novela “A Força do Querer”
  6. Polícia busca ‘curadores’ do Baleia-Azul
  7. A Tragédia Azul: curadores de jogo suicida responderão criminalmente e pais omissos poderão perder guarda dos filhos, alertam especialistas
  8. Curadores do 'jogo da baleia azul' podem ser indiciados por homicídio
  9. O ‘desafio da Baleia Azul’ é uma prática criminosa
  10. Curadores do 'jogo da baleia azul' podem ser indiciados por homicídio, diz delegada, Ana Carolina Torres, 19/04/2017, acessado em 22/04/2017, Extra
  11. Polícia busca 'curadores' do jogo online Baleia-Azul, Roberta Pennafort (com Adelson Barbosa dos Santos, Fátima Lessa e Monica Bernardes), 21/04/2017, acessado em 22/04/2017, Estadão conteúdo - UOL notícias
  12. 'Baleia Azul', o jogo que induziria adolescentes ao suicídio, é investigado
  13. "Baleia-Azul": Este jogo suicida está a alarmar o Brasil

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati