Crise não pode frustrar esforço da América Latina, diz Lula em mensagem a Obama

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

21 de janeiro de 2009

Em mensagem enviada hoje (21) ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recém-empossado, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva afirma que o esforço dos países da América Latina para reconstrução de suas economias não pode ser frustrado pela crise internacional. A crise, "originada no mundo desenvolvido", ameaça os países em desenvolvimento, diz Lula.

"O Brasil e os demais países da América Latina souberam reconstruir nos últimos anos suas economias com inegáveis ganhos sociais e políticos. Esse esforço de dezenas de milhões de homens e mulheres não pode ser frustrado", afirma o presidente brasileiro na mensagem divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores.

Após cumprimentar Obama pela posse na Presidência dos Estados Unidos, Lula enfatiza a importância do multilateralismo nas discussões sobre segurança coletiva: "Compartilho sua intenção de buscar soluções políticas para os grandes problemas que ameaçam a segurança coletiva no mundo de hoje desde uma perspectiva multilateral.", disse o presidente.

Lula encerra a mensagem manifestando a expectativa de, "num futuro próximo, dar início pessoalmente a um diálogo fluido e proveitoso".

Fontes