Covid-19: no Brasil, em uma estratégia paralela, Fiocruz quer comprar mais 2 milhões de vacinas prontas da Índia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Numa estratégia paralela à produção da vacina ChAdOx1 no Brasil, fabricada a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da China, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está em negociação com seus parceiros na produção da vacina, a AstraZeneca e o Instituto Serum da Índia, para a compra de mais dois milhões de vacinas prontas junto ao próprio Serum.

O anúncio foi feito pela Fundação, que avisou, no entanto, que não há confirmação de data para a chegada dessas vacinas.

A Fiocruz pretende produzir 100,4 milhões de doses até julho deste ano com IFA importado. Já no segundo semestre não será mais necessária a importação do Ingrediente, que passará a ser produzido em Bio-Manguinhos, após a conclusão da transferência de tecnologia, sendo estimada a produção de mais 110 milhões da ChAdOx até dezembro de 2021.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit