Covid-19: mesmo tomando cloroquina, Pazuello piorou e teve que ser hospitalizado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O general Eduardo Pazuello, atual ministro da Saúde do Brasil, foi internado ontem à noite em Brasília, no hospital particular DF Star, para tratamento médico especializado por causa do agravamento da Covid-19. Segundo informações, ele teria chegado ao hospital com febre e dor de cabeça e precisou de internação para tratar um quadro de desidratação - o que é comum em casos de diarréia e/ou vômitos graves.

Ele estava isolado num hotel de trânsito dos oficiais e sendo medicado desde o dia 21 passado, inclusive com cloroquina, remédio defendido por Bolsonaro e que Pazuello autorizou num protocolo emergencial após tomar posse, mas que não tem comprovação científica no tratamento da Covid, tendo, inclusive, seu uso sido desaconselhado nos Estados Unidos dois meses atrás.

Pazuello foi diagnosticado com Covid um dia antes de ter sido desautorizado por Bolsonaro a respeito da compra da vacina chinesa, a Coronavac, o que acabou causando uma crise do presidente com os militares de seu governo. Um dia depois do episódio, Bolsonaro visitou seu ministro no hotel e disse que Pazuello era um exemplo de que a cloroquina funcionava. Para amenizar a crise da Coronavac, os dois sorriram e Pazuello disse: "é simples, um manda e outro obedece".


Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit