Covid-19: RS tem 68% da população em áreas de altíssimo risco para contaminação

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Governo do Rio Grande do Sul (RS) anunciou hoje à tarde que 11 regiões covid-19 de 21 estão em bandeira preta, o que significa que 68,4% da população gaúcha está em áreas de risco altíssimo para o esgotamento da estrutura hospitalar e para a velocidade de propagação de Sars-Cov-2.

"É o maior número de regiões no pior nível do sistema de enfrentamento à pandemia no Estado até agora", anunciou o Governo.

As outras 10 regiões ficaram em bandeira vermelha, o que representa risco alto.

Esta classificação é válida de hoje até o dia 1º de março.

Lotação nos hospitais

Segundo o Governo, nesta manha 85% dos leitos de UTI adulto no Estado estavam lotados, sendo que destes, praticamente a metade (1.089 pessoas) eram de pacientes com covid.

Já na capital, Porto Alegre, a situação é muito mais preocupante, pois no meio desta manhã, segundo o website Sul 21, 98% das UTIs estavam ocupadas, sendo que mais de 50% das vagas estavam ocupadas por pessoas com covid ou com suspeita (446 de 809 vagas).

Remanejamento de leitos

Prevendo uma crise no estado com a possível falta de leitos, a Secretaria da Saúde (SES), por meio do Centro de Operação de Emergência Covid-19, emitiu um comunicado orientando que hospitais de todo RS suspendam as cirurgias eletivas não emergenciais até o dia 31 de março, a fim de que equipes técnicas, áreas físicas e equipamentos hospitalares possam estar disponíveis para o tratamento de pacientes com covid.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com