Covid-19: Brasil tem menor taxa de transmissão desde abril de 2020

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Com um índice de 0,60, o Brasil chegou esta semana ao menor índice de transmissão (a Rt - ou ritmo de contágio) do Sars-Cov-2 desde abril de 2020. Quando está abaixo de 1, uma pessoa infectada não chega, sequer, a contaminar uma única outra. Neste caso específico, cada 10 pessoas infectadas vão contaminar outras seis, ou, segundo o G1, "isso quer dizer que cada 100 pessoas infectadas transmitem o vírus para outras 60".

A taxa é medida desde 2020 pelo Imperial College de Londres e o dado vem de encontro ao atual cenário da pandemia no Brasil, cuja média móvel de novos casos e mortes vem caindo a cada semana, conforme a vacinação segue. No último Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz, emitido no dia 7 passado, pesquisadores da Fundação destacaram a "queda sucessiva no número de casos e óbitos, além de estagnação na taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) em patamares baixos na maioria dos estados brasileiros" e que "a tendência de estabilidade ou redução desses indicadores, mesmo considerando as oscilações verificadas nas últimas semanas epidemiológicas, demonstra que a campanha de vacinação está atingindo um dos seus principais objetivos, qual seja, a redução do impacto da doença, produzindo menos óbitos e casos graves".

A média móvel de novos casos ontem, por exemplo, chegou a 14.885, a menor desde maio de 2020.

Notícias Relacionadas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit