Coreia do Norte lança outro míssil e acusa a Coreia do Sul de hostilidade

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

A Coreia do Norte conduziu outro teste de míssil na terça-feira, o terceiro em um mês. O teste ocorreu minutos antes de um embaixador norte-coreano falar nas Nações Unidas, onde acusou a Coreia do Sul de hostilidade.

O Norte lançou o míssil em direção ao mar ao largo de sua costa leste por volta das 6h40, horário local, na terça-feira, de acordo com os militares da Coreia do Sul, que monitoram esses lançamentos.

Autoridades de defesa japonesas disseram que o teste parecia envolver um único míssil balístico.

Os militares da Coréia do Sul disseram que o míssil é “presumivelmente de curto alcance” e foi lançado de Mupyong-ri, na província norte de Jagang. Essa é a mesma área de onde a Coreia do Norte lançou um míssil balístico intercontinental em julho de 2017.

Desde que retomou os lançamentos de mísseis balísticos em 2019, a Coreia do Norte costuma lançar dois mísseis de cada vez. A maioria desses lançamentos envolveu mísseis de curto alcance, muitos de sistemas que podem lançar várias armas ao mesmo tempo.

Um único lançamento pode indicar um míssil de longo alcance, especularam alguns analistas de defesa, embora não haja evidências de que seja o caso. O Norte normalmente não anuncia os detalhes de seus testes de armas até a manhã seguinte na mídia estatal.

A notícia do lançamento veio quando o embaixador da Coréia do Norte nas Nações Unidas fez um discurso na Assembleia Geral da ONU em Nova York. Em seu discurso, o embaixador da Coreia do Norte, Kim Song, defendeu o avanço dos mísseis nucleares de seu país, chamando-o de uma resposta à "política hostil" dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit