Companhia aérea australiana planeja voos recordes para Londres e Nova York

3 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A companhia aérea australiana Qantas anunciou planos para voos diretos recordes de sua maior cidade, Sydney, para Londres e Nova York. Especialistas dizem que os voos de ultralongo curso são um dos últimos grandes desafios da aviação moderna.

Com mais de 17.000 quilômetros, Sydney para Londres seria o voo comercial mais longo do mundo. O executivo-chefe da companhia aérea australiana Qantas, Alan Joyce, descreveu-a como “a última fronteira” para as viagens internacionais. A viagem sem escalas levaria cerca de 20 horas.

Joyce acrescentou que as cabines das aeronaves “seriam especialmente projetadas para o máximo conforto em todas as classes”.

Haveria até “zonas de bem-estar” para exercícios a bordo dos aviões que também voarão de Sydney a Nova York, uma distância de cerca de 16.000 quilômetros.

Os serviços de ultralongo curso devem começar no final de 2025. As passagens para os jatos de longo curso provavelmente serão mais caras do que os voos atuais, que fazem escala em cidades como Dubai, Cingapura e Los Angeles.

O professor Greg Bamber, da Escola de Negócios da Universidade de Monash, disse que a demanda pelos serviços provavelmente será mista devido à popularidade da tecnologia de videoconferência, embora outros passageiros desejem concluir sua viagem o mais rápido possível.

“É provável que, por um lado, haja um aumento da demanda por esse tipo de voo, já que há mais preocupações com doenças infecciosas, como o COVID, com guerras, como temos na Ucrânia no momento. Mas, por outro lado, pode haver menos demanda porque as pessoas se acostumaram a usar o Zoom; empresários, por exemplo, puderam realizar reuniões pelo Zoom nos últimos dois anos durante a pandemia”, disse Bamber.

A Qantas encomendou 12 aeronaves da fabricante europeia Airbus em um acordo multibilionário para atender as novas rotas.

Especialistas dizem que o anúncio é um sinal de que as viagens aéreas globais estão se recuperando da pandemia mais rápido do que o esperado.

A Qantas iniciou voos diretos entre Perth e Londres em 2018. Esses serviços foram suspensos devido às restrições da COVID-19 na Austrália Ocidental e os voos diretos agora operam a partir da cidade australiana de Darwin.

Fontes