Com mais de 13 mil atendimentos remotos em março, OCA registra aumento da demanda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Central de Atendimentos (OCA) suspendeu o atendimento presencial desde o dia 3 de fevereiro, após a publicação do decreto nº 6.206, que colocou todas as regionais do Acre no nível de risco de bandeira vermelha. E, para atender a demanda dos cidadãos, ampliou a capacidade realizada pelas centrais telefônicas e pelas redes sociais, o que proporcionou a continuidade dos atendimentos.

No total, somente no mês de março, nas três unidades da OCA no estado (Rio Branco, Xapuri e Cruzeiro do Sul), a procura contabilizou 13.398 atendimentos. Um aumento significativo se comparado a fevereiro, que fechou o mês com 12.474 atendimentos remotos. Em Rio Branco foram 11.208, Xapuri fechou março com 1.622 e Cruzeiro do Sul, 568.

Além das orientações por telefone e entrega de documentos que já haviam sido solicitados antes da suspensão dos atendimentos, como carteiras de identidade, carteiras de habilitação e certificados escolares, a Diretoria da OCA está realizando oficinas internas e capacitação dos colaboradores, sempre visando a melhoria dos serviços, inclusive do atendimento remoto.

“Intensificamos o trabalho com nossa equipe, para que todos os cidadãos consigam ser atendidos e orientados, visando reduzir o impacto pela suspensão do atendimento presencial. Como gestores públicos, precisamos pensar em inovações para que as demandas sejam atendidas, mas respeitando as orientações dos órgãos de saúde, a fim de evitar contaminação pelo coronavírus”, explica Francisca Britto, diretora técnica da OCA.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit