Clarín multado por publicar anúncios de serviços sexuais em seus classificados na Argentina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

11 de maio de 2012

Buenos Aires, Argentina — Pela primeira vez, um jornal de circulação nacional argentino foi multado por violar o Decreto Nº 936/2011, que proíbe a publicação de avisos vinculados a anúncios de serviços sexuais nos classificados dos jornais do país.

A penalidade foi aplicada ao diário Clarín, que deverá pagar uma multa de 362.532,40 pesos (R$ 159.840,54), por incluir em seus classificados anúncios que "fazem explícita ou implícita referência à solicitação de pessoas destinadas ao comércio sexual".

A sanção foi aplicada pelo Escritório de Monitoramento de Publicações de Avisos de Comércio Sexual (OM), vinculado ao Ministério de Justiça e Direitos Humanos da Argentina, após diversas notificações ignoradas pelo jornal.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati