China suspende importação de aves dos EUA de empresa afetada por Covid-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de junho de 2020

A China suspendeu as importações de produtos avícolas de uma empresa dos Estados Unidos atingida por coronavírus, enquanto as autoridades chinesas lutam para controlar um surto em Pequim.

O porta-voz da avícola disse que estão investigando o problema, acrescentando que a empresa trabalha em estreita colaboração com as autoridades americanas para garantir que seus alimentos cumpram os requisitos de segurança do governo. Citando:

"É importante observar que a Organização Mundial da Saúde, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, o USDA e a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA concordam que não há evidências para apoiar a transmissão do Covid-19 associado a alimentos".

A medida ocorreu quando a OMS relatou um aumento recorde de casos globais de coronavírus no domingo, com o total subindo 183.020 em um período de 24 horas.

O maior aumento foi da América do Norte e do Sul, com mais de 116.000 novos casos, de acordo com seu relatório diário. O total de casos globais superou os 8,7 milhões, com mais de 461.000 mortes, segundo a OMS. O recorde anterior para novos casos foi de 181.232 em 18 de junho. A maioria - mais de 50.000 - veio do Brasil, seguida pelos EUA e Índia.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com