China rompe tratados de extradição de Hong Kong com o Canadá, a Austrália e a Grã-Bretanha

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A China anunciou hoje a suspensão dos tratados de extradição de Hong Kong com o Canadá, a Austrália e a Grã-Bretanha, após decisões semelhantes desses países sobre uma nova e controversa lei de segurança imposta a Hong Kong pela China.

Os países ocidentais irritaram Pequim por suas respostas à lei imposta a Hong Kong, que consideram uma erosão das liberdades civis e dos direitos humanos que a cidade desfruta desde a sua entrega da Grã-Bretanha para a China em 1997.

Os Estados Unidos decidiram rescindir os privilégios comerciais especiais de Hong Kong, enquanto os parceiros de inteligência "Five Eyes" de Washington suspenderam seus tratados de extradição com a cidade, com a Nova Zelândia na terça-feira se juntando ao Canadá, Grã-Bretanha e Austrália.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit