Chefe de Inteligência de Khadafi é preso na Mauritânia, informam autoridades do país

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de março de 2012

Nouakchott, Mauritânia — Autoridades da Mauritânia informaram hoje que o chefe de Inteligência do governo Muammar Khadafi, Abdullah Al Senussi, foi preso na capital do país, Nouakchott.

Sanussi era considerado o braço direito de Khadafi e fugiu da Líbia depois que ele foi deposto e morto no ano passado, após meses de revolta popular contra o seu regime. Abdullah Al Senussi era procurado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes contra a humanidade.

Segundo as autoridades da Mauritânia, Senussi foi detido no aeroporto da capital, quando chegava em um voo do Marrocos usando passaporte falso. A informação sobre a prisão ainda não foi confirmada por autoridades líbias.

Fonte[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati