Chávez ordena tomada de portos e aeroportos e ameaça prender líderes opositores

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

16 de março de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou ontem (15) a tomada pelo Exército de portos e aeroportos que se encontram nas mãos de líderes opositores. Em seu programa semanal Alô, Presidente, o líder venezuelano afirmou que a medida tem como objetivo obter o controle das instalações e “colocá-las à disposição do povo”.

“A propriedade privada estará sempre subordinada à lei e ao interesse nacional”, disse, ao fazer referência a uma lei recém-aprovada pelo Congresso venezuelano e que permite que o governo chavista assuma o controle do sistema de transportes do país. “Nenhum venezuelano pode declarar-se acima da lei”, reiterou.

Chávez ordenou que as Forças Armadas da Venezuela tomem, ainda nesta semana, os portos de Maracaibo, no estado de Zulia, e de Puerto Cabello, em Carabobo. Ele advertiu os governadores de oposição que, caso se oponham à medida, serão presos.


Fontes