Caso Flordelis: filho adotivo tem pena aumentada por cometer delito contra ascendente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

18 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Lucas Cezar dos Santos de Souza, filho da deputada federal cassada Flordelis e condenado a sete anos de prisão pela participação na morte de seu pai adotivo, o pastor Anderson do Carmo, teve a pena aumentada para nove anos. A decisão é da juíza Nearis de Carvalho Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, cidade onde o crime aconteceu.

Nearis acolheu o recurso do Ministério Público e verificou que, por ter sido legalmente adotado por Carmo e não apenas filho de criação, a pena deveria ser majorada, porque foi reconhecida a agravante decorrente da prática do delito "contra ascendente", conforme determina o Código Penal.

Carmo foi morto a tiros no dia 16 de junho de 2019. O crime foi cometido pelo irmão de Lucas, Flávio dos Santos Rodrigues, que foi condenado a 33 anos de reclusão por ser o autor dos disparos. Lucas foi condenado por ter participado da compra da arma utilizada no crime.

Flordelis, mandante do assassinato, está presa desde agosto passado.

Referências

Fontes