Carta bombástica revela conspiração no Jornal do magnata Rupert Murdoch

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de agosto de 2011

Brasil


Uma carta publicada essa Terça-feira, escrita a quatro anos atrás pelo ex-editor do jornal britânico News of the World Clive Goodman, revela que as escutas ilegais eram amplamente conhecidas e discutidas nas reuniões editoriais da redação do jornal.

De acordo com o periódico britânico The Guardian, o conteúdo da carta implica seriamente o magnata Rupert Murdoch, seu filho James Murdoch e o ex-editor chefe Andy Coulson, que também trabalhou como conselheiro do primeiro ministro inglês David Cameron.

Em julho, Rupert (pai) e James Murdoch (filho), donos da corporação multinacional News Corp., negaram qualquer conhecimento sobre as escutas ilegais feitas pelos seus subalternos em depoimento frente ao parlamento britânico.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com