Cai projeção de analistas para crescimento da economia em 2010

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

28 de julho de 2009

Brasília, Distrito Federal, Brasil


A estimativa dos analistas do mercado financeiro para o aumento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de bens e serviços finais produzidos no país, no próximo ano, caiu para 3,50%. A informação é do boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo BC. No boletim da semana passada, a projeção havia sido de 3,60%.

Para este ano, a previsão de queda do PIB foi mantida em 0,34%. Há quatro semanas, a estimativa de retração era de 0,50%.

No caso da produção industrial, os analistas preveem queda de 6,29%, contra 6,09% da semana anterior. Em 2010, a expectativa é de recuperação, com crescimento de 4,5%, contra 4,25 estimados no boletim da semana passada.

Na avaliação dos analistas, a relação entre dívida líquida do setor público e PIB deve chegar a 41,30% neste ano e a 40% em 2010. No boletim anterior, essas projeções eram 41% e 39,81%, respectivamente.

O dólar deve valer R$ 1,95 ao final de 2009 e R$ 2 ao fim de 2010, as mesmas estimativas da semana passada.

A projeção para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) subiu de US$ 22,9 bilhões para US$ 23 bilhões, neste ano. Para 2010, a expectativa foi ajustada de US$ 20 bilhões US$ 19,7 bilhões.

Para o déficit em transações correntes (registro das compras e vendas de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior), a estimativa foi mantida em US$ 15,1 bilhões neste ano e subiu de US$ 22 bilhões para US$ 22,25 bilhões em 2010.

A estimativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 25 bilhões neste ano e em US$ 27 bilhões, em 2010.

Fonte


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati