CPI dos Correios avalia que saques do Banco do Brasil chegam a pelo menos R$ 59 milhões

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de julho de 2005

Brasil — A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o escândalo dos Correios fez uma análise preliminar dos documentos bancários que recebeu e segundo avaliação até agora, concluída na quinta-feira (21), pelo menos R$ 59 milhões (cerca de 20,56 milhões de Euros) foram sacados das contas do empresário Marcos Valério no Banco do Brasil nos últimos cinco anos. Valério é acusado de ser o operador do suposto esquema de corrupção conhecido como mensalão.

A CPI solicitou à sua equipe técnica para que os dados sejam novamente calculados para se ter certeza de que houve mesmo essa grande movimentação financeira.

Fontes