COVID-19: depois de cancelar férias na Grécia, rei dos Países Baixos pede desculpas em vídeo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Depois de ser obrigado a cancelar as férias familiares na Grécia devido às críticas por ter viajado para fora do país em pleno agravamento da pandemia de Covid-19 na Europa, o Rei Guilherme Alexandre dos Países Baixos divulgou hoje um vídeo no canal oficial da Casa Real no You Tube onde pede desculpas aos holandeses. Na gravação, ele aparece sentado ao lado de sua esposa, a Rainha Máxima.

O texto de seu discurso também foi divulgado no website da Casa Real e diz:

Com pesar em meu coração, volto-me para você. Nossa viagem à Grécia provocou fortes reações de muitos holandeses. Dói ter traído sua confiança em nós. Mesmo que a viagem estivesse de acordo com os regulamentos, era muito insensato não levar em consideração o impacto das novas restrições em nossa sociedade. Nossa própria decisão de retornar foi tomada com a percepção de que não deveríamos ter ido. Desde o início da crise do coronavírus, temos feito o nosso melhor - dentro dos limites das medidas anti Covid - para encontrar espaço e estar presentes o máximo possível para todos aqueles que procuram apoio em tempos de incerteza. É um momento difícil para todos. Um tempo de carências, limitações e preocupações. De medo, raiva e insegurança também. Ouvimos histórias comoventes em muitos encontros, pessoalmente e digitalmente. Sentimo-nos conectados com você e com todas as pessoas que foram direta ou indiretamente afetadas. Continuaremos a trabalhar com você para derrubar o vírus, para que todos em nosso país possam retomar a vida normal o mais rápido possível. Isso agora é o mais importante e continuaremos a fazê-lo, da melhor maneira que pudermos. Estamos envolvidos, mas não somos infalíveis.

O rei e a rainha estavam com as três filhas, Amália, Alexia e Ariane, em sua casa na Grécia para a temporada de férias de outono. Eles haviam viajado num voo privado e, segundo o governo, que teve que dar explicações na semana passada após a reação negativa entre os holandeses, estavam isolados em sua residência, cumprindo as medidas de distanciamento social.

Dias antes da viagem o governo havia decretado lockdown parcial para conter o aumento de infecções pelo Sars-Cov-2 no país, na chamada "segunda onda de Covid na Europa", e entre as medidas estava o pedido para que as pessoas ficassem em casa.

A família voltou para casa no sábado passado.

Notícias Relacionadas

Fontes

Notas: 1) a Casa Real, salvo disposição em contrário, libera seu conteúdo para reutilização sob Licença CCO, conforme seu copyright; 2) o Governo da Holanda libera a reprodução de seu conteúdo sob uma Licença CC0, conforme seu copyright.

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com